enfrdeites
Sexta, 17 Maio 2019 19:19

VI ENADIR: As Práticas e as representações acionadas em audiências e atos judiciais no sistema de justiça

Escrito por

Segue aberto, até o dia 6 de junho de 2019,  o prazo para a submissão de propostas de trabalhos aos GTs do VI ENADIR - ENCONTRO NACIONAL DE ANTROPOLOGIA DO DIREITO, que acontecerá entre 26 e 29 de agosto  na FFLCH-USP - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP.

 

Izabel Nuñez (UFF/INCT-InEAC) coordena junto com Bruna Angotti (USP) o GT02: As Práticas e as representações acionadas em audiências e atos judiciais no sistema de justiça:

O presente grupo de trabalho pretende reunir pesquisas que busquem analisar as práticas e as representações dos agentes do “sistema de justiça”, entendido como o conjunto de instituições estatais encarregadas de aplicar a lei e administrar conflitos. Esperamos receber propostas de pesquisadores que se debrucem sobre o seu funcionamento, especialmente com foco nas interações em audiências e atos judiciais, nas moralidades envolvidas, bem como em pesquisas que aportem novas reflexões metodológicas, descrições empíricas a análises teóricas inovadoras sobre este campo. Serão aceitos trabalhos por meio dos quais seja possível apreender os diversos elementos e sentidos do fazer justiçae do fazer judicial e policialatribuídos pelos próprios agentes imbricados nesses “fazeres” e afetados, em interação, pelas “partes”. Trabalhos frutos de etnografias serão priorizados, pensando na intersecção entre métodos, técnicas e a teoria antropológica para a compreensão do fenômeno jurídico.

O VI ENADIR, no que se refere diretamente aos programas de pós-graduação, tem por principal finalidade contribuir para uma articulação mais permanente e sistemática entre antropólogos(as) do direito no Brasil, bem como entre esses(as) e seus/suas colaboradores(as) estrangeiros(as).

O VI ENADIR, pretende incentivar que pós-graduandos(as) cursem disciplinas fora de seus programas de origem e que tal intercâmbio, além de repercussões pontuais já existentes, produza repercussões duradouras, tornando frequentes as colaborações em bancas e a formulação de projetos conjuntos de pesquisa.

 

FINALIDADES DO EVENTO

A finalidade maior do VI ENADIR é produzir resultados qualitativamente significativos no interior da antropologia do direito, daí a previsão de um minicurso, conferências e mesas não simultâneos para que todos(as) possam acompanhá-los e neles se encontrar.

Ler 81 vezes

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.