enfrdeites
Notícias

Notícias (637)

O prazo para o envio de resumos para o VI Encontro de Pesquisa sobre Administração de Conflitos do PPGD/UVA foi prorrogado até o dia 31/08/21.
 
Devido a pandemia, o evento será realizado de forma remota, a partir do dia 5 de outubro deste ano. 
 
 
Mais informações confira no edital abaixo, em anexo, e faça o download do PDF.

No próximo Dia 1º de setembro começa o ciclo de quatro seminários intitulado “Identificação, direitos e controle: (in)visibilidades, vigilância e tecnologias de governo”, promovido em uma parceria inédita entre o Núcleo de Estudos da Violência da USP (NEV-USP) e o Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia/Instituto de Estudos Comparados em Administração de Conflitos (INCT-InEAC). 

A abertura do Ciclo, dia 1º, às 15h, consistirá em uma Conferência com Keith Breckenridge (Wits/África do Sul), abertura de Marcos César Alvarez, Coordenador do NEV-USP, e Roberto Kant de Lima (INCT/InEAC) e moderação de Cláudio Machado. 

As atividades terão transmissão ao vivo simultaneamente nos canais do Youtube do INCT/INEAC e do NEV.

A Conferência proferida em inglês contará com tradução consecutiva para português.

 

Para assistir acesse: 

Canal do Youtube do NEV: https://www.youtube.com/nevuspvideos

Canal do Youtube do INCT-Ineac: https://www.youtube.com/c/ineac

 

Obs: Serão emitidos certificados para quem acompanhar o Ciclo completo de Seminários. As instruções serão dadas ao longo das transmissões ao vivo.

 

“Identificação, direitos e controle”

Identificação, direitos e controle: (in)visibilidades, vigilância e tecnologias de governo Diferentes práticas de identificação interpelam cotidianamente a vida social e política, configurando técnicas de governo que se estendem desde a elaboração de programas sociais, passando por processos de reconhecimento de direitos até a formulação de estratégias penais e securitárias. Os sistemas do registro civil, da identificação civil e criminal, além de cadastros administrativos, vêm adotando meios técnicos tais como sistemas eletrônicos para identificação biométrica (fingerprint), tecnologias forenses de perfilamento genético e mecanismos de reconhecimento facial. Apesar dos aparentes avanços de tais tecnologias, na prática tais medidas têm sido implementadas com pouca discussão pública sobre seus impactos enquanto mecanismos de controle social operados via arranjo institucional do aparelho do Estado, responsável pela gestão de técnicas e práticas de identificação das pessoas. Este ciclo de seminários tem por objetivo discutir os desafios das práticas contemporâneas de identificação, problematizando suas implicações éticas, sociais e políticas desde uma perspectiva interdisciplinar e aprofundada. Para tanto, contaremos com a exposição de pesquisadores/as, membros/as dos poderes Executivo e Judiciário e integrantes de movimentos sociais que irão compartilhar reflexões e experiências relativas à temática. Desse modo, debates acerca das práticas contemporâneas de vigilância policial, administração institucional da morte, técnicas de desaparecimento, investigação criminal e acesso a direitos civis e sociais compõem o universo de problemas a serem tratados no decorrer do ciclo. No encontro de abertura teremos uma conferência internacional na qual será apresentada a experiência da África do Sul na pesquisa sobre técnicas de identificação sob a ótica da história e das ciências sociais. Nos três encontros semanais subsequentes, as práticas de identificação no Brasil serão discutidas a partir de três temas principais: 1) identificação civil; 2) identificação de pessoas presas e 3) identificação de pessoas mortas e desaparecidas. Os seminários serão virtuais e organizados em parceria inédita do NEV/USP (Núcleo de Estudos da Violência / Universidade de São Paulo) e do INCT-InEAC (Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia - Instituto de Estudos Comparados em Administração de Conflitos), que congregam pesquisas de referência no campo de estudos de segurança pública, administração de conflitos e violência no Brasil, e visam contribuir para reflexões que levem em conta aqueles diretamente envolvidos e interessados, bem como difundir junto a estudantes, pesquisadores em formação, profissionais e sociedade civil, conhecimento técnico e acadêmico sobre o tema. 

 

PROGRAMAÇÃO

 01 setembro (15h) Abertura: Marcos César Alvarez (NEV-USP) Roberto Kant de Lima (INCT-InEAC) Palestrante: Keith Breckenridge (Wits / África do Sul) Moderador: Cláudio Machado

08 setembro (17h) Identificação de pessoas presas Ana Claudia Pacheco (SPTC-SP) Carolina Lemos (Frente Estadual pelo Desencarceramento MG) Raquel Chrispino (TJRJ?) Coord.: Ricardo Campello (NEV/ USP)

15 setembro (17h) Identificação de mortos e desaparecidos Fábio Araújo (FIOCRUZ) Aline Feitoza (CAAF/UNIFESP) Rute Fiuza (Mov. Mães de Maio do Nordeste) Coord.: Flavia Medeiros (InEAC/ UFSC)

22 setembro (17h) Identificação civil Fernanda da Escóssia (UFRJ) Susana Durão (Unicamp) Narumi Pereira Lima (à confirmar) Coord.: Daniel Edler (NEV/ USP)

 

Começa na próxima segunda-feira, 23 de Agosto de 2021 - 10:30 e vai  até Os Encontros Nacionais de Antropologia do Direito, ENADIR, são eventos bianuais promovidos pelo Núcleo de Antropologia do Direito, NADIR, sediado no Departamento de Antropologia da Universidade de São Paulo, USP. Apesar dos nomes quase idênticos, os encontros e o núcleo não se confundem, pois é a existência do NADIR, desde 2008, que permite a realização dos ENADIR, desde 2009, ainda que seja possível afirmar que eles se retroalimentam.

As metas dos ENADIR se mantêm firmes, desde 2009: gerar novos conhecimentos e promover a elevação da qualidade da produção científica no campo da antropologia do direito e de áreas afins, incentivando e apoiando trocas entre pesquisadores(as) de diversas instituições nacionais e mesmo internacionais de ensino superior, de pesquisa, de organizações governamentais e não governamentais.

Esperamos que, nestes tempos tão adversos para a vida acadêmica, para a vida política brasileira e para as vidas de cada um(a) de nós, o VII ENADIR seja um espaço de acolhimento, de estímulo e de renovação de esperanças. Que a percepção e a reiteração de que formamos um grande coletivo de pesquisadores(as), voltados para temas de alta relevância social e política, nos fortaleça e nos faça prosseguir com especial determinação.

Confiram a programação: https://enadir2021.blogspot.com/p/programacao.html.

Quarta, 18 Agosto 2021 16:01

PESQUISAS COM CANNABIS NA NEUROCIÊNCIA

Nessa quinta 19/08/2021, ás 19 horas, acontece mais uma edição do Maconhômetro Ciência - uma parceria entre o Cannabis Monitor e o PsicoCult. Os antropólogos Marcos Verissimo e Yuri Motta, pesquisadores associados ao INCT-InEAC, entrevistam o neurocientista Renato Filev, da UNIFESP, colocando em pauta as pesquisas mais recentes sobre maconha no campo científico. A transmissão acontecerá no perfil do Cannabis Monitor no Instagram : https://www.instagram.com/cannabismonitor/?hl=pt-br

 

.

Acontece no próximo dia 26, às 14h, mais uma roda de conversa com estudantes de escolas pública que participaram da Feira de Ciências organizada pelo InEAC produzindo episódios do podcast "Conflitos e Diálogos: Pesquisas Escolares". Nesta edição, serão discutidos os episódios 1 e 14, 'Os desafios adicionais à prática de estudo na pandemia' e '"Café com Joaquim" - Desmotivação e desistência do ensino remoto', respectivamente. Os comentários serão realizados por José Colaço, pesquisador vinculado ao INCT-InEAC.

A transmissão acontece dia 26 de agosto, a partir das 14h, no nosso canal do Youtube (clique aqui).

Na próxima terça-feira, 24 de agosto, às 11h, será realizada uma roda de conversa com o professor Laurent Thévenot sobre o livro “A justificação: sobre as economias da grandeza”, escrito em parceria com o professor Luc Boltanski. Participarão da conversa os professores Carolina Andion (Udesc Esag), Maurício Serva (UFSC), Diego Correa (Universidade Vila Velha - UVV) Fábio Reis Mota (UFF) e Jussara Freire (UFF).
 
O evento será transmitido ao vivo pelo nosso canal do Youtube (clique aqui).
 
 
Página 4 de 107